sábado, 25 de março de 2017

PROGRAMA PARÁ PROFISSIONAL QUALIFICA 84 TRABALHADORES EM MIRITITUBA. ENTREGA DOS CERTIFICADOS FOI NESTE SÁBADO, 24 NA CÃMARA DE VEREADORES




Para vencer distâncias e desigualdades sociais no território Paraense através da LEI nº 8.427, de 16 de Novembro de 2016, O governador Simão Jatene criou o Programa de Educação Profissional e Tecnológica com o sugestivo nome de “Pará Profissional,   sendo considerado um dos principais instrumentos de superação de desigualdades inter-regionais. 


composição da mesa no evento
 Na região oeste do Pará,  Miritituba,  distrito de Itaituba palco dos grandes investimentos como corredor de exportação de grãos já foi beneficiado pelo Programa que qualificou cerca de 84 trabalhadores.


Autoridades presentes na entrega de certificados na Cãmara
Coordenado pela Secretaria de Estado de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica- SECTET, que tem como reitor Alex Fiuza de Melo, promoveu desde outubro o cursos profissionalizante promovido pela Hidrovias do Brasil em parceria  com Amport  e SENAI de Santarém cursos profissionalizantes contemplando 5 turmas.

instrutores contratados pelo SENAI, todos de Itaituba
funcionários das Hidrovias com qualificação via SENAI
 Para efetuar a entrega dos certificados, Luis Blasques representando Alex Fiuza de Melo esteve em Itaituba participando da solenidade no plenário da Câmara de vereadores, na noite desta sexta feira dia 24.

a mesa foi composta pelo vereador Luiz Fernando Sadek,  o diretor da IFPA, Lucivaldo  Cruz, Erivaldo Benit ( Etepa) Marcos Vinolio, gerente da AMPORT,

Bruno Rolim representando o prefeito Valmir Clímaco ,   Davi Salomão vereador representando presidente da Câmara, sub prefeito de Miritituba João Pádua, Peter Hugo Casera,  diretor do SENAI, Aníbal Mauricio , Hidrovias do Brasil  entre outros.



 Os oradores elogiaram a iniciativa da SECTET pela ação que minimiza a carência de mão de obra local.   Luis Blasques fez um resumo sobre a atuação do governo do estado através do projeto considerando um grande avanço que visa suprir a ausência de escolas técnicas em diversos lugares.


Os cursos ofertados foram todos dentro das necessidades imediatas das
importante iniciativa para gerar qualidade e produtividade
empresas instaladas em Miritituba,  e pelo sucesso do projeto foi assegurado pela Hidrovias, Amport , Senai e demais parceiros que nesse ano virão mais cursos para atender a demanda no processo da qualificação para as empresas portuárias e outras empresas já existentes em Itaituba, Miritituba e imediações.  


  Como o aspecto foi positivo dentro da Logística Portuária, novos cursos virão para contemplar outras cadeias produtivas além de Miritituba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário