terça-feira, 7 de março de 2017

Pistas da BR-163 são liberadas de forma alternada no sudoeste do Pará



Apenas uma está integralmente em condições de tráfego. Sentido Sul é liberado de forma alternada com o sentido Norte.


aos poucos trechos vão sendo liberados

Os trabalhos de recuperação da BR-163 nos pontos de atoleiros no sudoeste do Pará continuam sendo executados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

 Apenas uma está integralmente em condições de tráfego. O sentido Sul, em direção a Mato Grosso, está sendo liberado de forma alternada com o sentido Norte.



Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trânsito no sentido que segue para o estado do Mato Grosso está normalizado e parcialmente no sentido para o interior do Pará. Os motoristas que seguem para os portos de Miritituba e Santarém ainda estão em uma fila de dois quilômetros para seguir viagem.


sofrimento sendo minimizado na BR 163

Equipes do DNIT realizam a recuperação de 37 quilômetros de rodovia entre os municípios de Trairão e Novo Progresso. A expectativa do departamento é que a pista que segue para Itaituba seja liberada até o início da próxima semana.


Rodovia ficou interditada mais de uma semana

Caminhoneiros ficaram três semanas parados na BR-163 por causa dos atoleiros. No Pará 170 km da rodovia ainda não estão asfaltados. O Ministério dos Transportes informou que até o ano que vem 100 quilômetros deve ser asfaltados. A meta é asfaltar 60 quilômetros em 2017 e outros 40 em 2018.

“Estamos com toda a BR-163, apesar dos problemas, coberta por contratos e com orçamento apropriado para que o Governo possa trabalhar. Passado o período das chuvas, o Governo seguirá pavimentando essa, que é uma das rodovias para o escoamento da produção brasileira”, afirma Mauricio Quintella, ministro dos Transportes.

Fonte-G1 PA



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário