quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Vítima afirma que as agressões ocorreram depois que ela foi acusada de extorquir R$ 2 mil da família



Uma professora de 39 anos foi vítima de tortura, sequestro, cárcere privado e tentativa de homicídio. Os crimes foram cometidos por três mulheres e dois homens da mesma família, em Santarém, no oeste do Pará. 
crime não pode ficar impune

Em depoimento à polícia, a vítima relatou que foi espancada várias vezes, teve o corpo perfurado com uma tesoura e recebeu ameaças de morte. As informações são do G1 Santarém.

 De acordo com a vítima, os crimes ocorreram depois que ela foi acusada de extorquir R$ 2 mil da família. Ela disse que um familiar se propôs a emprestar a quantia, mas não informou os parentes. 



Fonte Amazônia Jornal .

Nenhum comentário:

Postar um comentário