sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Temer é pressionado a indicar Moro para o STF

Ainda que não faça opção por Moro, o presidente deve caprichar na escolha, apostam seus auxiliares (Foto: Reprodução/Facebook) Com a morte do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), que ocorreu nesta quinta-feira (19), o presidente Michel Temer começou a ser pressionado a indicar o juiz Sérgio Moro para relator da Operação Lava Jato.

O chefe do executivo ouviu de amigos e até de alguns ministros mais próximos para que pensasse na possibilidade, como informou o colunista do Metro Jornal, Cláudio Humberto. O colunista diz que por mais que Temer não faça essa opção, ele terá que caprichar na escolha, apostam seus auxiliares. O presidente ouviu as opiniões pró-Moro com interesse, porém a sua decisão será feita sem pressa. A escolha do substituto de Zavascki é fundamental: o novo ministro vai herdar a relatoria da Operação Lava Jato, no âmbito do STF.

 A possibilidade do juiz federal Sérgio Moro no lugar de Teori Zavascki viralizou nas redes sociais. Praticamente uma unanimidade nacional. Amigos alegam, em mensagens a Temer, que Moro no STF mostraria a isenção do presidente em relação à Lava Jato. (Com informações da Band e do Metro Jornal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário