sábado, 12 de novembro de 2016

Prefeituras checam perfis suspeitos do Bolsa Família RECOMENDAÇÃO: MPF está recebendo e analisando dados repassados pelas gestões municipais ________________________________________

Diagnóstico sobre o programa está sendo disponibilizado em site criado pelo MPF O Ministério Público Federal (MPF) expediu recomendações a todas as prefeituras do Pará para que realizem visitas domiciliares a 23.833 beneficiários do programa Bolsa Família suspeitos de não cumprir os requisitos econômicos estabelecidos pelo governo federal para recebimento do benefício. 

Segundo o Raio-X Bolsa Família, projeto de iniciativa do MPF, de 2013 a maio de 2016 os pagamentos a perfis suspeitos de irregularidades totalizam R$ 95,9 milhões no Estado.

 No Brasil todo, o projeto coordenado pelas Câmaras Criminal e de Combate à Corrupção do MPF identificou mais de 912 mil beneficiários suspeitos de irregularidades em 4.703 municípios, o que pode ter causado prejuízos aos cofres públicos de mais de R$ 3,32 bilhões.   

Comentário do Blog:    O presidente está abrindo a caixa preta das bandalheiras neste pais em vario setores,  assim como está desmascarando vigaristas que recebem bolsa família sem serem carentes, mas deveria também mandar passar um pente-fino no processo de cadastramento das pessoas no Minha casa Minha Vida que muita patifaria politiqueira  seria exposta em todo o pais, principalmente em Itaituba aonde choveu denuncias escabrosas sobre esse programa social.

Fonte-  O Liberal Digital!

Nenhum comentário:

Postar um comentário