sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Polícia investiga prefeitura Oourilândia: PF faz apreensões que apontam fraudes de pelo menos R$ 3 milhões ________________________________________

O prefeito e o secretário de saúde de Ourilândia foram levados coercitivamente para prestar depoimento A Polícia Federal deflagrou ontem a Operação Puma, que investiga esquema de desvio de verbas públicas na área da saúde no município de Ourilândia do Norte, no sudeste paraense. 

As investigações identificaram a existência de uma organização criminosa na Prefeitura, que seria comandada pelo prefeito e da qual fariam parte servidores públicos e empresários. O prejuízo estimado em apenas três das dezenas de licitações investigadas chega a cerca de R$ 3 milhões.

 Foram alvos de condução coercitiva o prefeito Maurilio Gomes da Cunha, o secretário municipal de Saúde, João Costa Guerra, a pregoeira e presidente da Comissão de Licitações, Claedis Rafalski Martins, e sócios de duas empresas suspeitas de beneficiar-se pelo esquema, Almado Costa Guerra, sócio da JPM Comércio de Materiais de Construção Ltda. 

 

  O Liberal Digital!

Nenhum comentário:

Postar um comentário