sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Lula recorre à ONU para evitar prisão Alto Comissariado avalia que ele quer um "habeas corpus" internacional ________________________________________

Liso liso feito quiabo até agora escapou de ser preso

Integrantes do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos acreditam que a queixa contra a Justiça brasileira apresentada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à entidade está sendo usada como uma espécie de "habeas corpus internacional" para evitar que o ex-mandatário seja preso. A conclusão é de dois peritos e um especialista ouvidos pela reportagem. 

 O Liberal Digital!

Nenhum comentário:

Postar um comentário