terça-feira, 8 de novembro de 2016

FORTE CHUVA QUE DESABOU EM JACAREACANGA DEIXOU RASTROS DE DESTRUIÇÃO.

rua principal totalmente alagada

Jacareacanga - Mercadorias estragadas, moveis agora inservíveis, fossas sépticas arrebentadas, cercas de proteção de quintais caídas, escritórios alagados, muitos comércios e residências invadidos pelas aguas, galeria estourada pela força das aguas pluviais, dois pequenos acidentes em via publica de carro e moto, animais mortos.  Eis o resultado da forte chuva que se precipitou na tarde de ontem (07.11) sobre a cidade. 

Apesar do drama vivenciado pela população na tarde/noite de ontem, onde contabilizou-se grandes prejuízos para uma camada da população, é fato que o desastre poderia ter uma dimensão muito maior se a forte chuva tivesse sido acompanhada de vendaval, como já aconteceu em outras ocasiões na cidade.

 Depois da forte chuva que alagou as principais ruas da cidade, graças ao sistema de galerias pra escoamento de aguas servidas e pluviais da parte central que tem baixo relevo comparando com a geografia do resto da sede do município, e mesmo que tenha sido rompida pela força das aguas uma tampa de proteção da galeria em frente ao Hospital Municipal; em poucas horas as ruas alagadas baixaram de volume, ocasião em que a população pode refletir sobre a intensa chuva e contabilizar seus prejuízos. 

 A Defesa Civil do município, não se manifestou sobre o caso, sabe-se porém que seu coordenador e outro membro foram demitidos de seus cargos devido a forte contenção de despesas alegada pela Prefeitura, que obrigou dezenas de pessoas sem saber a quem recorrer para a recuperação da parte de seus prejuízos ficarem sem norte sobre o assunto. 

Alguns se dirigiram à Secretaria de Urbanismo da Prefeitura Municipal entretanto pelo que se sabe, ainda nada foi feito. Fonte original-

 Blog do Walter Azevedo Tertulino

Nenhum comentário:

Postar um comentário