domingo, 23 de outubro de 2016

Delator entrega Jader e Renan lava jato: Segundo a "Época", eles receberam mais de R$ 5 milhões entre 2004 e 2006 ________________________________________

 por construtoras que tinham negócios com a Transpetro, a subsidiária de transportes e logística da Petrobras. De acordo com a revista, os senadores Jader Barbalho (PMDB-PA) e Renan Calheiros (PMDB-AL) eram os principais beneficiados.

 A propina era entregue por Felipe Parente, chamado de “homem da mala” do PMDB, a Iara Jonas, assessora de Jader Barbalho no Senado. Um relato minucioso foi feito por Parente ao grupo de trabalho da Lava Jato, ao qual a revista ‘Época’ teve acesso. 

A delação de Felipe Parente revela seguidos encontros entre ele e Iara Jonas no restaurante Chez Pierre, no anexo do Hotel Ipanema Plaza, na Zona Sul do Rio de Janeiro, onde o lobista entregava dinheiro vivo para ser repartido entre os senadores do PMDB. 
 O Liberal Digital! ________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário