domingo, 23 de outubro de 2016

Assessora de Jader transportava sacolas Propina: Segundo a "Época", Iara Jonas chegou a fazer dez viagens para o Rio de Janeiro ________________________________________

Felipe Parente fazia entregas no Rio de Janeiro e em São Paulo – nunca em Brasília. O recebimento era feito por Iara Jonas, uma senhora de 64 anos funcionária do gabinete de Jader Barbalho no Senado. Nas palavras do delator, Iara fazia as vezes de receptora não só para o patrão, mas também para Renan Calheiros.

Moradora da capital federal, a assessora fez dez viagens ao Rio de Janeiro para receber entregas de R$ 350 mil, em sacolas, em nome de Jader e Renan. Os encontros aconteciam no flat em que o delator se hospedava no bairro do Leblon, ou no hotel Ipanema Plaza, ambos na Zona Sul do Rio.

 “Que o depoente levou a sacola com dinheiro para o flat; que depois Iara entrou em contato com o depoente; que foram mais ou menos dez repasses da Queiroz para os senadores Jader e Renan; que, em todas as dez vezes, foi Iara que recebeu os recursos destinados tanto ao senador Jader, quanto ao senador Renan”, informa o documento assinado por Parente.
 O Liberal Digital!

Nenhum comentário:

Postar um comentário