quarta-feira, 25 de maio de 2016

Pará reforça gestão na área ambiental

 Equipamentos: Governo entrega lanchas, no-breaks e impressoras a prefeituras  -   Na solenidade, Simão Jatene entregou 277 itens a municípios de onze regiões Na solenidade, Simão Jatene entregou 277 itens a municípios de onze regiões.  A gestão ambiental de municípios de onze regiões do Estado do Pará foi reforçada com a aquisição de 27 lanchas de pequeno porte, 150 no-breaks e 100 impressoras.

 Entre os beneficiados estão municípios localizados nas regiões do Araguaia, Baixo Amazonas, Carajás, Guamá, Lago do Tucuruí, Marajó, Rio Caeté, Rio Capim, Tapajós, Tocantins e Xingu.   A entrega dos equipamentos foi feita pelo governador Simão Jatene,  ontem à tarde, no Palácio do Governo, em Belém.  A cerimônia contou com a presença de gestores municipais; do secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Luiz Fernandes Rocha; do secretário extraordinário do Programa Municípios Verdes (PMV), Justiniano Netto; e do chefe da Casa Civil, José Megale.  Agora, já são 86 municípios atendidos com a entrega de bens para ações ambientais desde 2013. Foram entregues 246 motocicletas, 392 capacetes, 160 GPSs, 150 computadores, 150 no-breaks, 100 impressoras, 80 binóculos, 80 câmeras fotográficas e as 27 embarcações com motor e carretas rodoviárias.

 De janeiro a março deste ano, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) qualificou 484 pessoas em 127 municípios, entre gestores e técnicos das secretarias e conselhos municipais de Meio Ambiente, com destaque para o Marajó, que, pela primeira vez, esteve representado por seus 16 municípios. PARCERIA  “A questão ambiental é, talvez, um dos maiores desafios da humanidade e exige a participação de todos.

 Estamos convencidos que, pela dimensão e diversidade do Pará, é fundamental que a gente tenha uma parceria intensa com os municípios para o fortalecimento dos órgãos municipais de meio ambiente”, afirmou Jatene. Esse fortalecimento inclui a capacitação de técnicos e a disponibilidade de instrumentos que garantam que os governos locais possam fiscalizar e tratar essa questão de forma correta.  
O Liberal Digital! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário