quinta-feira, 24 de março de 2016

CURTAS&BOAS

VALMIR CLIMACO NA RELAÇÃO DOS INELEGÍVEIS POR REJEIÇÃO DE CONTAS PELO TCE.

 O Tribunal de Contas do Estado (TCE) publicou uma nova lista atualizada com nome de inúmeros gestores públicos que estão na condição de inegibilidade, dentre eles o empresário e ex-prefeito Valmir Clímaco. A Lista está no site do TCE desde 26 de Fevereiro deste. O processo que já foi transitado e julgado tem acordão nº 54181, e processo nº 2011/52932-0. O processo foi transitado e julgado no dia 24 de Dezembro de 2014. A conta do ex-prefeito que foi desaprovada se refere a um convênio.

 QUANTOS AINDA VÃO DANÇAR SEM MÚSICA ATÉ O DIA 2 DE ABRIL?

 O PP na capital quando saiu das mãos do ex-deputado federal Gerson Peres, o vereador Cebola que aqui era presidente do mesmo levou uma bicicleta perdendo a presidência para o empresário Paulo Gilson que também já estaria na corda bamba por eventuais articulações visando as eleições deste ano .   Da mesma maneira o DEM saiu das mãos do ex Cacique deputado federal Lira Maia, estando a presidência regional agora sob comando do deputado federal Castanhalense, Hélio Leite.  

Com a mudança ACIMA é possível também que em Itaituba o partido também a exemplo do PP troque de presidência,  afinal comissão provisória não serve pra nada e quem manda mesmo é o Diretório Regional. Muitos pretensos candidatos que aderiram recentemente ao DEM em Itaituba podem na verdade politicamente ter dado um tiro no pé.    Até o dia 2 de abril muitas águas ainda vão rolar sobre as pontes do Rio Tapajós e muitas surpresas ainda vão ocorrer. Em politica nada é impossível, até porque no momento o que vale é o ditado ”Manda quem pode, obedece quem tem juízo”

REPROVAÇÃO COM BASE NA LEI DA FICHA LIMPA

A reprovação da prestação de contas por irregularidades, do ex prefeito Valmir Clímaco foi feita com base na Lei Complementar nº 135  (Lei da ficha limpa) que em sua alínea G estabelece como inelegíveis os que cometerem improbidade administrativa. Nesse caso aqui da lista isso correu por irregularidades em um dos vários convênios firmados na época pelo então gestor.   A lista foi publicada dia 26 de Fevereiro de 2016 e sempre está sempre sendo atualizada e publicada no site do TCE

Nenhum comentário:

Postar um comentário