domingo, 31 de janeiro de 2016

REDE CELPA RECUA E ATENDE REIVINDICAÇÕES DE AGRICULTORES QUE DESINTERDITAM RODOVIA TRANZAMAZÕNICA

Com o sucesso de duas interdições recentes, estrada do BIS e Transamazônica a altura do Km 06 ficou comprovado que a população está cansada de promessas e mentiras quando os governantes pregam investimentos de obras na região. 

 Após quatro dias de interdição que durou até sexta feira dia 29, finalmente a rede Celpa saiu de sua zona de conforto e resolveu abrir negociação com os agricultores acampados. 

Foi uma negociação difícil que começou pela manhã, mas que acabou num consenso. A principio a empresa mandou um documento comunicando que o serviço de instalação do programa luz para todos iria começar em março. 

Mas os coordenadores do movimento não aceitaram por não acreditar que o mesmo seria cumprido. Vendo que os agricultores estavam, irredutíveis uma equipe esteve no acampamento assinando documentos se comprometendo em, realizar o trabalho. 

Adicionar legenda
transbordo de passageiros no período da interdição
O vereador João Paulo Mester que esteve fazendo parte da equipe de negociação considerou vitorioso o movimento por acreditar que esse impasse que já durava seis anos agora acabou haja vista que os primeiros postes já chegaram em Itaituba. 

No acordo firmado ainda no acampamento, a concessionária de energia assegurou que os postes chegarão para os ramais das comunidades de São Benedito e Ramal União a partir de segunda-feira, 1º de fevereiro.

 Ficou acordado ainda como condição para a rodovia ser desinterditada que o movimento voltara a um novo protesto caso o que foi combinado, junto a empresa e o movimento não seja cumprido, podendo o movimento usar sua terceira etapa de ação de protesto e ocupar por tempo indeterminado caso o que foi acertado não seja cumprido, com ocupação do escritório local da Celpa.  O movimento foi na avaliação dos seus organizadores pleno de sucesso, já que atingiu seu objetivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário