terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Pará não enfrentará o rigor das chuvas FENÔMENO: Inmet diz que ação do El Niño deve inibir a força do período chuvoso no Estado ________________________________________

O período chuvoso, que já chegou em parte do Estado do Pará, será irregular este ano. É o que aponta a previsão do tempo feita pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Belém. As chuvas já atingem a Região Metropolitana de Belém (RMB) e seguem em direção à faixa de 100 quilômetros onde estão situados os municípios de Castanhal, Terra Alta, Tomé-Açu e Capitão Poço, além de parte do litoral da ilha do Marajó. 

No norte do Marajó e nas regiões oeste e nordeste do Estado, incluindo Paragominas, Salinópolis, Maracanã e Bragança, ainda não é possível sentir o período de chuvas, mas haverá pancadas de curta duração, a partir do próximo dia 10. 

Contudo, os níveis de precipitação na maior parte do Estado ficarão abaixo da média (acima de 300 milímetros) e o período chuvoso não será rigoso, em consequência do fenômeno El Niño. O impacto do fenômeno será amenizado pelo Oceano Atlântico, cujos padrões favorecem pancadas de chuvas no Pará.

 Desde o dia 1º deste mês até ontem, já choveu 32.8 milímetros - quase 8% da chuva estimada para este mês, que deverá totalizar a média de 385.5 mm. O Inmet estima também que na RMB deverá acontecer algum tipo de chuva em pelo menos 24 dos 31 dias do mês de janeiro, sobretudo à tarde e à noite. No mês anterior, dezembro, choveu em 24 dos 31 dias, totalizando 258.2 mm - 20% acima da média histórica do mês. A maior chuva foi no dia 16, com 42.4 mm.

  O Liberal Digital! ________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário