quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Jovem mandou matar os pais Henrique Buchinger Alves, de 25 anos, também está por trás do assassinato do irmão mais velho ________________________________________

próprio filho mandou executar os pais
A Polícia Civil confirmou a participação de Henrique Buchinger Alves, de 25 anos, no assassinato dos pais - um casal de empresários - e do irmão. Henrique foi preso ontem, em Goiânia (GO). Ele é acusado de ter sido o mandante do triplo homicídio, ocorrido no dia 7 deste mês, no município de Altamira, sudeste do Estado. 
esse jovem mandou matar os próprios pais

Três homens, apontados como os executores, também foram detidos ontem. A polícia ainda está à procura da quinta pessoa que participou do crime.

 A identidade dela não foi revelada para não prejudicar as investigações. Durante o inquérito as autoridades identificaram cinco envolvidos no assassinato dos empresários Luís Alves Pereira e Irma Buchinger Alves, e do filho mais velho deles, Ambrosio Buchinger Neto, de 27 anos.

 Segundo a Polícia Civil, Henrique Alves foi o mandante do crime. Ele é acusado de ter contratado os três homens que invadiram a casa e mataram os pais e o irmão dele asfixiados. Os três executores são Matheus de Oliveira Costa, Francisco Denis Leite e Aguinaldo Soares. Como o quinto criminoso continua foragido, a participação dele no triplo homicídio não foi informada. Na manhã de ontem a Polícia Civil de Altamira deflagrou a operação batizada de “Iscariotes”, para dar cumprimento aos mandados de prisão temporária autorizados pela Justiça. 

Matheus e Francisco foram presos no bairro São Joaquim, em Altamira. Já Aguinaldo Soares, conhecido como “Andrade”, foi preso no bairro Bom Remédio, no município de Itaituba. Matheus, Francisco e Aguinaldo prestaram depoimento ao delegado Vinícius Dias, que comanda as investigações do triplo assassinato. Entretanto, não foram divulgados detalhes sobre os depoimentos. Já o filho do casal foi preso em Goiânia e deverá ser conduzido para Altamira, onde também prestará depoimento. 

Todos os acusados têm mandado de prisão temporária (30 dias), para que a polícia aprofunde as investigações e esclareça a participação deles no crime. De acordo com a polícia, o casal de empresários Luís Alves Pereira e Irma Buchinger Alves foi morto por asfixia com uso de fitas plásticas. O filho mais velho deles foi estrangulado com um cadarço de sapato. Logo após o crime, a Polícia Civil divulgou que eles tinham sido mortos por um grupo de quatro homens armados, que renderam os três dentro da casa em que moravam, na rua Anchieta, bairro Sudam I, centro de Altamira.

 Na ocasião, Henrique e a irmã, Chiara Buchinger, de 25 anos, também estavam no imóvel, mas foram rendidos pelos criminosos e trancados no banheiro. Os irmãos conseguiram escapar por uma janela e, do lado de fora, pediram ajuda da Polícia Militar. Eles deixaram a cidade no último final de semana. A polícia não divulgou se Chiara teve alguma participação no triplo homicídio. O crime chocou a cidade de Altamira. 
Fonte-Amazõnia Jornal________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário