sábado, 21 de novembro de 2015

Pará fecha 9 mil empregos OUTUBRO - Maior índice de demissões foi em Altamira no Estado, com 65,9% ________________________________________

Num reflexo da economia em recessão e da baixa confiança de empresas e famílias, o estoque de empregados no Estado do Pará registrou pelo terceiro mês consecutivo saldo negativo. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado ontem pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), foram eliminados 9.136 postos de trabalho no Estado em outubro, decorrente de 23.888 admissões contra 33.024 desligamentos.

 Na comparação com as demais Unidades da Federação, o Pará foi o 6º Estado que mais perdeu empregos celetistas no mês. Somente São Paulo (-50.423), Minas Gerias (-24.502), Rio de Janeiro (-19.088), Bahia (-10.409) e Goiás (-9.866) apresentaram desempenhos piores.

 No geral, apenas quatro Estados registraram saldo positivo de trabalhadores formais, com destaque para Alagoas, que gerou 6.456 novos postos de trabalho, e Sergipe, com 1.063 postos.Em todo o País, foram eliminados 169.131 postos de trabalho, equivalentes à retração de 0,42% no estoque de assalariados com carteira assinada do mês de setembro.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário