domingo, 13 de setembro de 2015

POLICIA FEDERAL INICIA INVESTIGAÇÃO PRELIMINAR SOBRE SUPOSTAS IRREGULARIDADES NA GESTÃO DA PREFEITA ELIENE NUNES E CONVOCA SINDICALISTAS PARA DEPOR.

denuncias graves podem encalacrar governo de todos...

A Policia Federal através dos autos nº 08362.003296/2015-16 já iniciou preliminarmente investigações sobre as várias denuncias feitas pelo SINTEPP e também inclusas no relatório da CPI criada para apurar supostas irregularidades na gestão da prefeita Eliene Nunes.  

Os primeiros convocados para depor são os sindicalistas professora Antônia Suely Souza e o professor Reginaldo do Carmo Ramos, coordenadores gerais da entidade que luta em prol dos interesses dosa profissionais em educação. 

oficio da PF convocando os professores

A audiência dos sindicalistas está marcada para o dia 10 de Outubro deste ano na delegacia da policia federal em Santarém, em depoimento previsto de uma hora marcada para cada depoente.  

No oficio datado de 14 de Agosto deste ano o delegado Sérgio Fernando Veloso Pimenta da PF recomenda que os sindicalistas apresentem cópias ou informações referentes aos dados concretos sobre as denúncias de desvios de verbas do FUNDEB no período de 2013 3 2014, assim como as referências a processos licitatórios de reformas, construção, aquisição relacionados a Escola Águia do Saber, quadras poliesportivas, Creches, Equipamentos de informática dentre outras denuncias consideradas graves pela Policia federal. 

Os dois professores quando prestaram depoimentos na CPI fizeram as denuncias acima solicitadas, além de que o SINTEP havia encaminhado as denuncias ao Ministério Público Federal.  Em entrevista ao Impacto e ao Blog Tribuna Tapajônica,   a professora Antõnia Suely reiterou que todas as denuncias feitas estão embasadas em provas documentais que serão entregues por ocasião dos depoimentos.  Além dos  professores outras pessoas que fizeram denuncias contra o governo de todos(quem?) também serão convocados para depor na Policia Federal.

Essas mesmas denuncias também estão incluídas no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito já que Antõnia Suely, Reginaldo Ramos, Lázaro e outros sindicalistas também foram convocados pela CPI a época presidida por Isaac Dias e como relator Luiz Fernando Sadeck- que foi também denunciado e entregue com protocolo  as autoridades competentes ao caso além do Tribunal de Contas do município que ainda não se manifestou sobre as denuncias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário