segunda-feira, 31 de agosto de 2015

DEJACI SOUZA VAI SER TRANSFERIDO PARA ITAITUBA A PEDIDO DA OAB SUBSEÇÃO LOCAL.

Dejaci Souza ao chegar de estrela do Norte(Goiás) para Belém
A Justiça de Itaituba  já solicitou o recambiamento de Dejaci Ferreira de Souza, que já está em Belém na penitenciara de Americano aguardando o momento de vir para Itaituba aonde prestará depoimento em juízo sobre as acusações e provas que o incriminam como suspeito no assassinato da advogada Leda Marta, Hana Estela e Tainara Siqueira num triplo caso de homicídio ocorrido em 22 de fevereiro do ano passado com repercussão nacional. 
 
presid.da OAB-Pá conversando com policiais civis em Belém
 A policia investigando na época dos crimes conseguiu descobrir Dejaci graças a imagens de circuito interno de câmeras que o identificam na frente da loja, comprando a faca utilizada nos assassinatos. 
 
Justiça comunicou del.José Bezerra sobre transferência de Dejaci
 Em depoimento a Policia em Belém Dejaci negou ter qualquer conhecimento com o ex marido de Marta Leda,  o também advogado Altair dos Santos principal suspeito de ter sido o mandante dos assassinatos, que embora não confessado em face de provas que o incriminam está preso numa penitenciara de Marituba, como suposto mandante do triplo assassinato. 
Dra Cristina uma luta incansável por justiça no caso Leda marta

O criminoso admite ser ele o homem que aparece nas imagens das câmeras, assumiu que comprou uma faca, mas negou ter assassinado a advogada, sua filha e a funcionaria da loja.

 De acordo com informações repassadas pela presidente da OAB subseção de Itaituba de forma bizarra o advogado Jorge Tangerino que atua na defesa de Altair dos Santos,  esteve na cidade de Estrela do Norte do Norte (GOIÁS)  tentando contato com Dejaci,  inclusive não teriam permitido que ele fizesse imagens com seu celular.
 
forte aparato de segurança na transferência de Dejaci
 Quanto ao episódio que culminou na prisão de Dejaci a presidente da OAB subseção local, Dra Cristina Bueno disse que a OAB levantou todas as informações necessárias e deu grande auxilio a Policia Civil sobre a prisão de Dejaci depois de ter assassinado um ancião de 60 anos.  

O Juiz Dr Hiroschi Takaki deu parecer favorável e acatou pedido da OAB para a transferência de Dejaci para Itaituba , não estando ainda marcada a data.   O primeiro depoimento em Belém foi na esfera policial,em Itaituba ele será ouvido pela justiça já que estava foragido desde o fatídico dia da tragédia que ceifou três vidas. 

Fotos gentilmente cedidas pela OAB- Subseção local

Nenhum comentário:

Postar um comentário