quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

POLICIA AGUARDA LAUDO DO IML PARA ENQUADRAR CRIMINALMENTE ANA CLAUDIA E DANIEL.

Ana Claudia e Daniel contiuam presos. F.Junior Ribeiro

O delegado José Bezerra da 19ª Seccional só está aguardando laudo do IML para saber de que forma poderá enquadra criminalmente o casal Ana Claudia (21) e Daniel Santos Ferreira(29) que estão presos acusados pela morte de um bebê do sexo feminino que teria sido enterrado vivo após uma noitada de farras e orgias que terminou em um motel da cidade. 

bebê que pode ter sido enterrado vivo tinha entre 8 ou 9 meses-

Confusa e sem ter certeza de quantos meses estaria grávida Ana Claudia diz que o bebe tinha quatro meses, admitindo ainda que não fez o pré natal nesse período.

 Mas para o perito do IML Adson  Weder o bebê teria entre 8 ou 9 meses e que com quatro meses seria impossível o bebê ser expelido ainda vivo da barriga da mãe. 

A delegada Suelen que também acompanha o caso disse ao Blog que o casal errou em não ter feito pedido de socorro no momento em que ocorreu o fato no motel e que estão complicados no caso porque de qualquer forma houve ocultação de cadáver. 

Ana Claudia  não acusa Daniel de ter assassinado o Bebê, ela apenas afirma que o que teria provocado o aborto é o fato do mesmo ter deitado sobre a barriga dela no momento em que mantinham relação sexual,  tendo em vista que o acusado pé de gordo e pesado. 

Mas enquanto isso o corpo do bebê ainda se encontra no IML e a policia aguarda o laudo que vai determinar se o bebê nasceu ainda com vida, se foi enterrado respirando, se foi aborto espontâneo ou provocado etc...

Nenhum comentário:

Postar um comentário