domingo, 4 de janeiro de 2015

Energia em sinal de alerta Preço? Bandeira vermelha avisa consumidor que custo é alto e é preciso economizar ________________________________________

tarifa vai aumentar de forma absurda..
Medida adotada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em vigor desde o dia 1 deste mês, deixa a conta de luz do consumidor brasileiro mais cara. Isso porque começou a valer as chamadas bandeiras tarifárias, uma forma diferente de apresentar um custo que hoje já está na conta de energia, mas geralmente passa despercebido pelo usuário.

Os custos com compra de energia pelas distribuidoras são incluídos no cálculo de reajuste das tarifas dessas distribuidoras e são repassados aos consumidores um ano depois de ocorridos, quando a tarifa reajustada passa a valer.

 Neste mês, as bandeiras classificadas como vermelhas em todas as regiões do País já começam a valer, indicando que o custo da energia está em seu nível mais alto. 

Deste modo, cada conta de luz terá um adicional de R$ 3 por cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Apesar da entrada em vigor este ano, as bandeiras tarifárias já existem. O que muda é que, a partir de agora, o consumidor terá na sua conta, mensalmente, o processo de cobrança exemplificado, facilitando o controle da energia que utiliza, explica o engenheiro elétrico da Universidade Federal do Pará (UFPA) Thiago Soares. 

“Isso sempre existiu. Agora, o consumidor terá, ao seu ver, a sinalização mensal do custo de geração da energia elétrica que lhe será cobrada, dando a ele, a oportunidade de adaptar seu consumo, se assim desejar.

 Nesse contexto, se estamos em um momento de escassez e custo alto, por exemplo, ele colabora consumindo menos e isso tem um benefício para o sistema”, explicou. 

 O Liberal Digital!

Nenhum comentário:

Postar um comentário