sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

DEVASTAÇÃO DESENFREADA: COMUNIDADE DO ÁGUA BRANCA DENUNCIA EXPLORAÇÃO ILEGAL DE MADEIRA

ação criminosa contra floresta-Foto- Blog do Peninha
até castanheiras estariam sendo derrubadas

O blog Tribuna Tapajônica recebeu denuncias de comunitários do garimpo Água Branca, de que ai está ocorrendo uma grave agressão à natureza com extração ilegal de madeira, que estaria sendo praticado por Madeireiros de Moraes Almeida.

 A devastação na floresta está deixando imensas clareiras abertas, com as madeiras sendo retiradas de noite e de madrugada clandestinamente. Até castanheira que está proibida por estar na lista de árvores
em extinção estaria sendo derrubada pelos madereiros.

 
cenas corriqueiras na região
A comunidade formulou denuncias ao IBAMA e ICMBIO, haja vista que a extração ilegal de  madeira está ocorrendo em áreas fora da exploração garimpeira.   Para um dos denunciantes o problema é que a fiscalização contra os madeireiros possa prejudicar a comunidade já que no água branca a principal economia é a exploração na garimpagem, não havendo participação de nenhuma das pessoas que vivem no garimpo nessa devastação que está sendo feita.

O vereador Peninha que também recebeu a denuncia disse que isso é muito grave, mas que se trata de uma ação de madeireiros já que o Água Banca historicamente sobrevive da exploração de ouro não tendo qualquer relação com a atividade madeireira, acreditando que isso pode prejudicar a comunidade como um todo, se não for tomada uma medida imediata para coibir essa exploração ilegal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário