quarta-feira, 29 de outubro de 2014

VEREADOR PEDE PERDÃO NA TRIBUNA DA CÃMARA POR TER DITO QUE A MULHER É A MAIOR DESGRAÇA NA VIDA DO HOMEM.

Toninho piloto por livre e espontânea pressão pede desculpas as mulheres itaitubenses
Ele vem se tornando um recordista em deslize com as palavras.   

Sem a menor habilidade para discursar o vereador Toninho piloto já se viu em literalmente em  três saias justas. 

 A última no episódio mais recente quando colocou as mulheres como uma desgraça na vida dos homens ao tentar criticar o vereador de oposição Peninha.
 
o pelotão de choque na defesa das mulheres de olho em Toninho Piloto
No  outro episodio ganhou o apelido de coronel Jesuino ao , numa alusão a uma personagem da Globo, quando ele colocou  mensagem no celular sugerindo  a uma mulher que ela deveria lavar suas partes íntimas que mais tarde ele iria usá-la. 
Antonieta Lima,do GAMI que exigiu retratação do vereador na tribuna

 Não bastando essas pérolas que entraram para o folclore político local, o vereador também evocando o ex presidente Collor de melo foi dizer que tinha aquilo roxo e desafiou Peninha a mostrar seus três testículos quando chegasse na Câmara .

 Agora o inferno astral de Toninho piloto piorou ao dizer que a vinda do vereador Peninha para a Câmara teria tirado o sossego dos demais vereadores por sua ação parlamentar polêmica e questionadora. 

 Toninho tentou elabora um discurso clássico, recorreu à imagem de Gêneses afirmando que o homem estava sozinho, na maior tranquilidade no paraíso e eis que Jesus criou a mulher, colocou a mulher na vida do homem e eis que a ela  se tornou a maior desgraça do homem” .

Mas ao invés de comparar o Peninha, a serpente que deu o fruto do pecado a mulher colocou Eva no seu lugar,o que gerou a polêmica. O discurso gerou uma onde de protestos na cidade e o Gami através da professora Antonieta Lima estava preparando uma ação na justiça contra o  vereador que saindo pela tangente se viu obrigado a pedir perdão” na tribuna da Câmara na sessão ordinária de terça feira dia 28.

 O vereador disse que não teve intenção ofender as  mulheres e se pudesse pediria desculpas a cada uma delas ainda foi aplaudido e ganhou a solidariedade dos demais colegas pelo gesto visto como de muita humildade. Mas muitas mulheres no Plenário consideraram que o vereador teria que ser punido já  que não foi primeira vez que usou a tribuna sem o mínimo de respeito e que não conseguem entender como Itaituba consegue eleger uma pessoa dessas para representa-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário