quinta-feira, 9 de outubro de 2014

QUEM ESTÁ MENTINDO A PREFEITURA, OS DONOS DE BARCOS OU A EMPRESA QUE GANHOU LICITAÇÃO DO TFD?

Descaso do governo causou transtornos a essa humilde senhora...

Nossa reportagem do Blog e jornal Tribuna que informa sem rabo preso recebeu denuncia de uma humilde cidadã sobre o sofrimento humilhação   constrangimentos e todo tipo de descaso para com um ser humano em Santarém.

 A denunciante diz que ela e mais de uma dezena de pessoas precisaram desocupar o barco da linha momentos antes do mesmo zarpar do Porto de Santarém. 

papel no  governo de todos os contrastes só serve de enfeite

Eles iam retornar para Itaituba após tratamento dos seus parentes via  TFD, que neste desgoverno bem que poderia ser ao invés  de tratamento fora de domicilio  poderia  se chamar " tamos todos ferrados e desprezados".   

 O dono do barco Ana Beatriz não aceitou as requisições expedidas pela prefeitura de Itaituba alegando que há cerca de três meses vem levando calote, sem estar recebendo pelas passagens.  O representante da Arcon Local quando indagado sobre o problema disse que isso foge da alçada da Arcon, mas que obteve informação de que a prefeitura teria pago os barcos sendo uma informação extra-oficial que teria que ser levantada.

copia da passagem que levou o único dinheiro da pobre senhora,pelo calote da prefeitura nos barcos.

 A denunciante que estava acompanhando seu marido após tratamento no Hospital regional em Santarém, disse que no ato da rejeição das duas passagens se viu obrigada  a pagar com o ultimo dinheiro que lhe restava, ficando inclusive sem se alimentar durante a viagem já que não tinha mais dinheiro.

 Disse que muitas pessoas que não tinham dinheiro ficaram em Santarém igual mendigos em situação deprimente. 

Sobre esse fato informações extra-oficiais de representantes da categoria de saúde relacionada ao TFD afirmam que a primeira empresa ganhou, mas perdeu a licitação na justiça e depois entrou outra empresa responsável pela licitação de responsabilidade de Márcio que é filho do vereador Cebola, mas que segundo a entidade também não teria recebido dinheiro da prefeitura para pagar os barcos que tem convênio para o transporte de pacientes e acompanhantes  do TFD. 

 O certo é que o caso está sem solução e ninguém sabe quem está mentindo ou falando a verdade e enquanto isso quem não tem nada a ver com a situação está passando vexame e constrangimentos. Mas um capítulo da tragicômica novela do governo de todos os contrastes.

2 comentários:

  1. é.....e os canais de tv local não mostram isso,pq será?????

    ResponderExcluir
  2. porque o governo de todos os contras tes usa a máxima de Ricupero, o que é bom a gente fatura e o que não presta joga embaixo do tapete. Acho que as tvs deveriam cobrir esse tipo de matéria e ai a prefeitura daria sua versão sobre o caso, nada demais uma pauta comum.Essas pessoas estão procurando os blogs e imprensa escrita porque sabem que nas TVs não terão vez nem voz...T

    ResponderExcluir