domingo, 3 de agosto de 2014

SINDROME DO BOTO: MILITARES DO 9º BEC DEIXARAM MUITAS MÃES SOLTEIRAS EM MIRITITUBA.

A Vinda de dezenas de militares do 9º BEC do Estado do Mato Grosso para asfaltar os 30 quilômetros da rodovia Transamazônica, no trecho Miritituba - Campo Verde (Km 30) causou um grande problema social no Distrito de Miritituba. 

 A denuncia é do vereador PENINHA, alegando que durante o período em que os militares acamparam naquela vila, se envolveram com mulheres que moram ali e engravidaram dezenas. O resultado não foi outro. 

Os militares retornaram ao Mato Grosso e deixaram para trás as mulheres grávidas, salientou Peninha. Ao darem a luz, elas entraram na justiça requerendo a paternidade. Dezenas de processo tramitam na Justiça de Itaituba, que tem enviado constantemente intimações para localizar estes pais, no sentido de reconhecerem a paternidade e outros pagarem a pensão aos seus filhos. Alguns.

 lembrou o vereador Peninha, alguns já reconheceram a paternidade.   Este é o resultado do Progresso que está chegando a região. Já imaginou quando começarem as obras da barragem de São Luiz do Tapajós, o que vai acontecer?  Isso já não estaria exigindo uma ação mais eficaz do poder público para se preparar para a nova realidade econômica da região?   Quanto aos botos não se sabe se são do tipo Rosa ou Tucuxi...

Nenhum comentário:

Postar um comentário