quarta-feira, 6 de agosto de 2014

PRESIDENTE DA REDE CELPA PRESTA INFORMAÇÃO AOS CONSUMIDORES DE ITAITUBA INSATISFEITOS COM AUMENTO DE 34-,34% NO AUMENTO DA TARIFA.

O aumento de 34,34% a mais que os dois milhões de consumidores da empresa Centrais Elétricas do Pará- CELPA) terão que pagar a partir desta quinta feira dia 07 de Agosto provocou uma onda de protesto em todo o estado e Itaituba não ficou indiferente. 

presidente da Celpa,com lideranças locais.

O Movimento pelos atingidos pelas Barragens liderou uma ocupação no escritório da Rede Celpa em busca de explicações sobre o episódio que vai pesar ainda mais no bolso do tão sacrificado consumidor que já arca com tarifas elevadas. “Não sou vendedor de sonhos, nem estou aqui para mentir pra vocês”. 

Assim o presidente da empresa rede |Celpa deu o tom da reunião explicando que todas as questões reclamadas serão observadas pela empresa , mas nem tudo será resolvido já que será analisado caso a caso, pois tem consumidor que está certo , mas tem consumidor que está errado também, principalmente quanto ao valor das tarifas haja vista o numero elevado de desvios de energia, que nesses casos são pagos por quem paga a tarifa legalmente.

Fabricio-ACI- levantando questionamentos na reunião

 Ilustrando sua colocação a gerencia local exemplificou um episódio de um consumidor do residencial Minha Casa Minha vida quer reclamou do valor da tarifa e na vistoria a empresa encontrou três ar-condicionado o que coloca em dúvida a finalidade do projeto habitacional feito para pessoas de baixa renda e quem tem três aparelhos de ar condicionado não é baixa renda.afiançou o gerente. 

A insatisfação ensejou a vinda do presidente da Concessionária, Nonato Castro que pelo período das 9 às 12 horas que no auditório da CDL respondeu a inúmeros questionamentos feitos pelo presidente da CDL Davi Meneses, Fabrício Schubert da Associação Comercial, lideranças políticas, presidentes de bairros e pela imprensa. 

O vereador Luiz Fernando Sadeck se fez presente representando a Câmara. O presidente numa meã culpa admitiu que a empresa Rede Celpa tem cometido muitos erros, mas que serão solucionados, admitindo também que há falhas também por parte de muitos consumidores. Questionado sobre o aumento ele disse que quem onera não é o que é repassado para a empresa, mas sim os impostos embutidos no talão dando exemplo de um talão de um consumidor que chegou em suas mãos no valor de oitocentos reais aonde ele disse que desse montante pouco mais de duzentos é pago a sua empresa o restante vai para o governo. 

O clima ficou tenso quando o militante do Mab, Fred Vieira acusou a Rede Celpa de estar roubando o consumidor para pagar suas dívidas. O presidente retrucou que não aceitava discurso populista e que o Brasil é um pais capitalista e não socialista, perguntando então se a tarifa de energia tem que ter papel social então as pessoas deveriam receber comida e outras coisas gratuitas também.

 O presidente disse que todas as demandas de questionamentos levantadas nessa reunião terão respostas, inclusive repassou um número do celular e - meio já que ele próprio responderá aos questionamentos feitos, separando quais questões podem ser endereçadas diretamente a Agência Nacional de Energia Elétrica (Annael) Garantiu que até o ano que vem a empresa acabará com as”Gambiarras” já que fará novos investimentos com posteamento nos bairros de invasão que ainda recorrem aos gatos.

 De acordo com o Diese os impactos no bolso dos consumidores paraenses são bem maiores do que somente os percentuais autorizados no aniversário das privatizadas ou das revisões tarifárias ocorridas durante este período.

Nenhum comentário:

Postar um comentário