sábado, 5 de julho de 2014

Registro de candidaturas fica para o último dia

Termina hoje o prazo para que os partidos façam o registro das candidaturas junto ao Tribunal Regional Eleitoral e até o final da manhã de ontem, nenhuma legenda havia feito a solicitação do registro. A expectativa é de que todos deixarão para a última hora, já que o TRE vai funcionar em regime de plantão até às 19 horas, horário em que os portões serão fechados. 

Os dirigentes partidários e candidatos que estiverem no local, contudo poderão ser atendidos noite adentro. A decisão dos candidatos de deixar o registro para a última hora não chega a ser uma novidade. Tradicionalmente, nos cinco dias entre as convenções e o prazo final para registro, as lideranças ainda aproveitam para fazer negociações. Neste ano, com as chapas majoritárias praticamente fechadas, a dificuldade está em fechar as coligações para a disputa às eleições proporcionais (deputados estaduais e federais). 

No cálculo dos partidos para fechar as alianças entram a capacidade das legendas para garantir o coeficiente eleitoral e também o nível de competitividade interna da provável coligação. Por enquanto, são seis os nomes que disputam o governo do Pará. O PMDB encabeça coligação formada por onze partidos e terá como nome na disputa e ex-prefeito de Ananindeua, Hélder Barbalho. O vice, será o deputado federal pelo DEM, Joaquim de Lira Maia.

 O PSDB aposta no atual governador Simão Jatene que vai concorrer à reeleição tendo como vice o deputado federal Zequinha Marinho. Também estão na disputa o advogado José Carlos Lima do Partido Verde e o professor Marco Carrera do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). O PRTB lançou Elton Braga e o Partido Comunista Brasileiro (PCB) aposta em Marcos Antônio Nascimento. 

Para o senado, que terá apenas uma vaga em disputa neste ano, são sete nomes concorrendo até o momento. A aliança em torno de Hélder Barbalho tem como candidato único o petista Paulo Rocha. Na aliança em torno de Simão Jatene são quatro candidatos já confirmados: Jefferson Lima (PP), Helenilson Pontes (PSD), Mário Couto (PSDB) e Marcela Tolentino (Solidariedade). 

O grupo ainda espera uma definição do ex-prefeito de Belém, Duciomar Costa que também deve concorrer ao Senado na mesma aliança. OUTROS CANDIDATOS O PV lançou Simão Bendayan na disputa ao Senado e o PCB, Renato Rolim. O candidato do Psol é Pedro Maia. O PSTU disputará a vaga com a professora Ângela Azevedo. 
 (Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário