quarta-feira, 14 de agosto de 2013

POLICIA CONTINUA INVESTIGANDO MORTE DE COMERCIANTE, ASSASSINADO NO BAIRRO DA FLORESTA.

A onda crescente de violência continua aumentando a estatística dos homicídios. Waldir Soares Ferreira, de 24 anos quando saia de um bar, minutos depois foi surpreendido por dois elementos que estavam numa moto, quando um deles atirou a queima roupa com único tiro que atingiu Waldir no peito esquerdo. 

Se esvaindo em sangue Waldir não resistiu a gravidade do ferimento e apesar do empenho dos socorristas do Corpo de Bombeiros morreu sem poder dar entrada no HMI O assassinato que chocou moradores do bairro ocorreu no bairro da floresta na 5ª Trav. com o cruzamento da 8ª Rua . A dupla nada levou de Waldir,  limitando-se apenas a fugir da cena do crime. Uma testemunha ocular viu os dois homens mas na escuridão não conseguiu identificá-los.

 Após investigações a Policia conseguiu chegar em dois suspeitos, quando a guarnição sob comando do sargento Cajado deu voz de prisão para a dupla Ronaldo Ferreira e Antônio Carlos(Carlinhos). Foi uma ação rápida já que o crime ocorreu as 21 horas de segunda feira dia 12, e na manhã desta terça feira dia 13 prenderam os suspeitos ambos com 19 anos.

 Ronaldo e Carlinhos ao serem interrogados na sala do delegado José dias Bezerra, se disseram inocentes no caso, pois no momento do crime apesar dede terem escutado o barulho  do tiro, eles estavam bebendo em outro bar, distante do Bar onde Waldir havia acabado de sair antes de ser morto.

 A dupla admite que foi lá movida pela curiosidade . Tanto Carlinhos quanto Ronaldo negaram, qualquer participação no crime, não entendendo porque que quando ocorre esse tipo de coisa no bairro logo eles são acusados.  Embora de fato a Policia não tenha encontrado indícios concretos que incrimine a dupla, o delegado mesmo assim acredita que de forma indireta eles podem algum tipo de envolvimento e a investigação e transcurso do inquérito que está sendo instaurado irá dizer se eles tem ou não culpa.

 Ronaldo e Carlinhos foram levados para a cela temporária na 19ª Seccional onde ficarão aguardando o desenrolar dos fatos ainda sob investigação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário