domingo, 10 de fevereiro de 2013

EXPRESSAS

Quatro milhões e quinhentos mil só de INSS.

 O prefeito Olinaldo Barbosa ”Fuzica” além dos vários problemas herdados da gestão passada ainda encontrou uma dívida estratosférica do Município com O INSS.  Uma dívida de quatro milhões e quinhentos mil reais que precisou ser renegociada para iniciar pagamento esse mês. 

Com isso o prefeito precisará fazer ginástica para trabalhar já que terá que se segurar somente com recursos próprios até que Aveiro saia do estado de inadimplência e possa assinar convênios com estado e União. Na folha da secretaria de saúde tinha até pedreiro ganhando mais de dois mil reais. 

 MORTE DO GARIMPO TRADICIONAL? 

 Para um especialista e profundo do conhecedor dos problemas de nossa garimpagem, teria sido um erro a  assinatura das propostas de instrução normativa por parte da prefeitura e reprsentantes da garimpagem no Tapajós.  E chama a atenção para o detalhe do discurso do Secretário que em todo momento reiterou que foi uma decisão do município e não uma imposição do Estado sempre se escamoteando  e saindo pela tangente.

 Um empresário de uma multinacional NO RAMO DA MINERAÇÃO que teceu os comentários,  acredita também que o documento representou uma ”Sentença de morte para a garimpagem tradicional” que mesmo que produza dois kilos de ouro por mês, o dono desse tipo de garimpo   que vive enfurnado a vida toda no mato, não terá como pagar os encargos do processo de regularização que são caríssimos. 

  Faz outro alerta, de que em julho o governo federal deverá novamente aportar por aqui com sua força tarefa repressora. E pergunta. Será que antes da assinatura desse documento o estado combinou com a união para que tenhamos a garantia reaL que o episódio de  Teles Pires  NÃO SE repetirá novamente?

 Acredita que esse garimpeiro(Tradicional)  no máximo obterá 12% de lucro mês,  mas terá despesas de 16% por cento, (com exigência de recuperação das áreas degredadas e outras exigências )  e além do lucro precisará acrescentar ainda mais 4%. Com isso crê que somente a elite da garimpagem sobreviverá. Estranhou também o fato de todos assinarem o documento em clima de festa sem questionamentos a Semma Estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário