quarta-feira, 25 de abril de 2012

INDIO MUNDURUKU É ALVO DE PERSEGUIÇÃO DE GANGUE

Violência urbana fez mais uma vitima,um indio Munduruku

As gangues que aterrorizaram a cidade Itaituba durante muito tempo estiveram sumidas até que a falta de segurança pública e as condições sociais possibilitaram seu retorno. Desta vez no dispensam mais nem os indígenas que também possuem seus direitos privilegiados em Constituição.

  No sábado passado um jovem indígena foi brutalmente espancado e covardemente agredido a golpes de terçado as proximidades da Escola Aparecida no bairro de São Tomé, por volta das 20 horas. O rapaz que vinha da casa de um tio que mora próximo a escola a pedido de sua mãe f oi interceptado por vários rapazes integrantes de uma gangue que está aterrorizando o bairro. Tentou fugir pois estava de bicicleta, mas eles queriam mesmo era a bicicleta e dar fim a sua vida como ficou constatado através da brutalidade desferida.

 Roubaram a bicicleta semi nova que servia para levá-lo a escola e o celular que tinha ido buscar na casa do seu tio. E por pouco não deram um fim precoce à vida de Jonathan Ikom Alves, de apenas 16 anos. Dona Idelita Ikom Munduruku que agora se reveza entre o trabalho e o hospital nos cuidados com o seu filho pede nada mais, nada menos do que justiça. A justiça que serve para levar aos tribunais aquele que cometem delitos contra a sociedade, contra aqueles que trabalham, pagam seus impostos e portanto devem ter seus direitos garantidos, como por exemplo o direito de ir e vir. Foi mais uma tentativa de homicídio. 

E essa gangue segundo informações de vizinhanças que tem medo de se identificar e sofrer agressões é formada não apenas por menores, mas rapazes maiores de idade que já podem responder pelos seus atos. Se a Justiça assim determinasse. E que a própria sociedade sabe que se a segurança publica permite a formação dessas gangues sem fazer absolutamente nada para proteger a as pessoas de bem elas crescem como parasitas atingindo a todos. 

Há sete anos dona Idelita, mãe de Jonathan, teve o filho mais velho atingido por uma bala pelos mesmos que esta semana atacaram seu filho mais novo. Por isso vem a publico denunciar a esta situação. Ela e as famílias indígenas da praia do mangue já estão fartas de tantas agressões provocadas por esses meliantes.

5 comentários:

  1. Enquanto políticos de Itaituba barganham apoio entre eles, pessoas de bem sofrem por falta de uma política de combate e prevenção desse tipo de abuso contra o cidadão de bem! Essa pratica acontece com os jovens, por não terem uma pespectiva de renda que gere empregos para ocupar a mente desses que vivem na ociosidade por falta de oportunidade. Hoje, a vitima foi esse jovem indígena, e possivelmente ficará sem solução esse caso, amanhã poderá ser um membro de sua família! O quê eles estão fazendo para mudar isso? Ou estão muito ocupados barganhando apoio políticos para a eleição que se aproxima?
    Nazareno, obrigado mano velho por ser um defensor dos menos favorecidos, eu postei essa sua matéria em meu blog, um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Esse blogueiro é um palhaço mesmo, quem você pensa que é pra falar mal dos políticos que tem feito tanto por essa terra, seu blog é uma farsa, eu não perco meu tempo lendo suas matérias. Ver se te manca ivanio você nem daqui é!

    ResponderExcluir
  3. Ao blog TRIBUNA TAPAJÔNIA do amigo Nazareno, essa mesma mensagem recebi ao postar uma matéria extraída do blog Rastilho de Pólvora com o titulo de "SER OU NÃO SER? REPÚBLICA ARATICUM," como sou um assíduo leitor dos blogs que eu tenho na minha lista e adicionados ao meu, busco fazer leituras diária para postar informações serias de cunho informativo, para levar ao conhecimento dos internautas de meu blog. Irei repetir a mesma resposta que fiz em meu blog a esse anônimo, caso minha resposta fira os princípios éticos desse conceituado blog, desconsidere e exclua minha resposta.
    FARO FINO - Vamos falar de uma profissão! “ PALHAÇO ”
    PALHAÇO, com sete letras se escreve, com três silabas se forma um profissional! Ser um palhaço é trazer para aqueles que não têm motivos para sorrir, uma perspectiva de vida, pois o riso formoseia o rosto e deixa seu praticante mais jovem por amar a vida! Não sei o que levou esse ilustre anônimo postar esse comentário ao meu respeito e atribuir esse adjetivo a minha pessoa, talvez seja pelo fato de não ter motivos para sorrir ou por viver amargando sofridas desilusões em seu dia a dia. A verdade é que o palhaço se transforma em seu personagem para garantir o riso, utilizando de pinturas no rosto que diferenciam das demais pessoas e utiliza roupas com cores diversas para valorizar seu trabalho, porém a esse, atribuímos o titulo de PROFISSIONAL “PALHAÇO”. Quanto a sua critica mano velho, não sei se você é Ele ou Ela, tudo que sei que você me enviou esse comentário, porém o palhaço que estou te apresentando é conhecido mundialmente como tal! E quanto a você anônimo, vou te mostrar alguns adjetivos de um palhaço sem pinturas e sem graça, talvez seja esse tipo de palhaço que o senhor ou a senhora deva está se referindo, por existir dentro de você! Pois os palhaços que eu conheço, todos são famosos e tem nomes, pois até hoje nunca soube que um palhaço fez sucesso tendo seu nome ANÔNIMO, existem palhaços sem pinturas, que se escondem e utiliza como titulo anônimo, que são a voz e se intitulariza os protagonistas da verdade, os que sempre são corretos em suas afirmações e que são honestos no que fazem e dizem para pessoas que os cercam! Também são os que detêm a maior influencia da pratica medíocre de falar mal das pessoas e se esconder de si mesmo com medo do seu reflexo. Muitas das vezes se julga capaz de ser o que gostaria, mas, vê nas pessoas ao seu redor, uma ameaça diante de sua incapacidade! Quero lembra-lo que a matéria a qual você me chama atenção, foi copiada de um blog que eu acredito ser um dos melhores da região e que me inspira a fazer sempre o melhor para chegar a ser comparado com ele! Se você não ler meu blog deixarei o bordão que apresenta o meu blog a sociedade! FARO FINO O FINO DA NOTICIA NO FARO DOS BLOGS. Talvez anônimo, você devesse rever seus conceitos de julgar quem quer que seja, pois muitos desses que você tem julgado de forma errada, poderiam ser os que estão realmente de braços e mãos estendidas para te ajudar e fazer você ser bem mais que isso em qual você está se transformando, pois muitos que utilizam dessa astucia vivem em situação miserável por ser incapaz de perdoar achando que as pessoas não podem liberar perdão. A MAIOR DAS MALDADES É NÃO PRATICAR A BONDADE. Fique na paz e que Deus te abençoe! (93 – 9156-1841) Me ligue, me dê a chance de você me conhecer. Ivânio

    ResponderExcluir
  4. Cara, depois dessa, esse anônimo deve ter se arrependido da graça! Uma resposta sem perder a classe. Carlos Dias - Santarém

    ResponderExcluir
  5. Bom acho que uma discussão de nível,consistente é construtiva.Também li o texto no blog do Valter Tertulino ele se reportou a um fato que repercutiu na mídia e o grande juiz dessa decisão será apenasunicamente a consciência do Silvio Macedo...Quanto ao palhaço são grandes artistas,quem não se emocionou com o genial Charles Chaplin?. Não há nada de pejorativo na expressão palhaço,mas estou metendo minha colher de pau nesse debate apenas para contribuir...Afinal democracia é isso o direito da livre expressão desde que haja coerência que não descambe para ofensas pessoais

    ResponderExcluir