sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

CASO KELLY: ESPINGARDA SERÁ PERICIADA PELO IML E VALNEY VAI SER ENQUADRADO NO CRIME DE FEMINICIDIO

O criminoso agindo com extrema frieza utilizou duas armas para matar Kelleane da Silva de 28 anos no garimpo Bom Futuro dia 27 ultimo num domingo.  Mas já se encontra em poder do delegado Rafael Oliveira a espingarda utilizada pelo assassino que abandonou a arma após embrenhar-se no mato.

garimpeiro reconhecido como assassino de Kelly
 O delegado que está respondendo atualmente pela delegacia da Mulher disse que está sendo feito todo empenho e dedicação das Policias civil e militar para que o homicida seja preso.  Todas as testemunhas que prestaram depoimento na 19ª Seccional foram unânimes em apontar Valdinei Gomes Pereira (39 anos) como o autor do brutal assassinato de Kelly que era muito conhecida em Itaituba e região. 

jovem e bonita Kelly foi vitima de ciúmes de Valdiney
Quanto ao que motivou o crime a policia está investigando mensagens contidas no celular da vitima nos últimos dias que antecederam sua morte no garimpo. Segundo moradores do garimpo o criminoso quando adentrou na mata nada levou, estando descalço e com a roupa que estava usando no momento do crime. Mas muitos acreditam que ele já tenha deixado à região que está sendo vasculhada pela policia.

 Para o delegado com crime é muito grave e agoa está muito mais rigoroso por se tratar de feminicidio Rafael Oliveira será enquadrado no crime de: Feminicídio previsto no Código Penal Brasileiro, inciso VII , § 2º do Art 121: "matar cônjuge, companheiro ou parente consanguíneo até terceiro grau, em razão dessa condição".   O inciso VI, § 2º do Art 121 (Matar alguém) também define feminicídio como "matar mulher por razões da condição de sexo feminino". 

Com fotos de Junior Ribeiro

Garimpeiros denunciam ameaças de morte e abusos em garimpo



Há  vários dias garimpeiros que se intitulam moradores do Garimpo São Raimundo, à mais de duas décadas;  estão enviando mensagens nas redes sociais, (WhatsApp e Facebook) que estão recebendo ameaças para saírem do garimpo , ou ao contrário terão  que pagar uma taxa de 100 gramas de ouro para que possam manter seus negócios  naquela comunidade garimpeira.

O garimpo existe há mais de 30 anos. Na área foi formado uma fazenda para criar bovinos e  divididos em lotes que abrigam garimpeiros. Com o tempo formou-se uma comunidade. Há pressões por parte dos proprietários que administram de forma particular e garimpeiros querem direito  para permanecer no trabalho sem custo de honorários.

Eles estão ameaçados e correm risco de morte, pedem ajuda das autoridades para intervirem naquele local, consta na mensagem! Eles citam que as ameaças são para abandonarem o garimpo.
Pista Garimpo são Raimundo
 
Eles denunciam que estão sendo ameaçados caso não paguem  a importância de 100 gramas de ouro por mês para poder permanecer no local.  Denunciaram também  que tem algumas pessoas que moram lá a mais de 30 anos e não querem pagar o valor  para eles – os mesmo acham que é  um golpe .

Eles estão até sendo ameaçados pelos donos, fala de até tocar fogo em seus barracos e lojas, se não pagarem e falaram que os mesmo fizeram até uma guarita para poder vigiar, assim proibindo a entrada de alimentos e combustível. Aeronaves são proibidas de transportarem produtos sem autorização deles, denunciam.

"Somos obrigados a comprar nas mãos deles com os preços deles, estamos com medo  de ter  conflito entre garimpeiros e os supostos donos do garimpo, afirma um dos ameaçados"  Citaram nomes: TOMAIZINHO, VICENTE, ALICE, ALESSANDRO E GARDIELE. Segundo a denuncia esses são os que estão ameaçando os garimpeiros. Os garimpeiros pedem para que a justiça e polícia sejam acionados para investigar antes que aconteça o pior.
 
Relataram também da existência de  capangas contratados por eles.
A denuncia chegou através de  mensagem no WhatsApp  do Jornal Folha do Progresso,  diretamente do garimpo, os denunciantes pedem para manter seus nomes em sigilo, temem que algo pior aconteça com eles assim que tudo for investigado , eles ficam a disposição para prestar esclarecimentos.
Região de Garimpo

É público e notório que a sociedade do garimpo não segue as leis convencionais seja a da cidade ou do campo; tem a sua própria lei que a despeito de suas qualidades e problemas está regendo a vida de centenas de milhares de homens e mulheres da Amazônia. Lei, ou melhor, código foi criado pela prática, pela necessidade de sobrevivência em condições adversas dos homens que vivem o fenômeno do ouro brasileiro.Coisa comum em nossa região!
Outro Lado

O Advogado José Luiz da família dos herdeiros do Garimpo São Raimundo, explicou que a área é de herança do Seu Tomaz, Pai nos herdeiros citados na denuncia, e os garimpeiros que já lá estavam pagavam porcentagem para trabalhar na terra de garimpo, e que ninguém esta  ameaçado, a propriedade é da família e que a denuncia é mentirosa, os herdeiros são pessoas de bem moradores de Novo Progresso e não compartilhariam com esta malvadeza.

“O Garimpo São Raimundo não é comunidade, é uma propriedade particular”.  Segundo o Advogado os denunciantes não tem autorização dos órgãos competentes para explorar (Sema-DNPM), estão devastando e depredando o meio ambiente,e se negam de pagar a porcentagem que é de direito da família (Herdeiros do Tomaz).”Estão usurpando o patrimônio da união, e desrespeitando totalmente o meio ambiente, esbulhando posse alheia, disse. O Advogado comentou que a onda de violência aumentou e para dar mais segurança para quem trabalha foi preciso a presença da Policia Militar. La tem uma guarnição da Polícia Militar para dar segurança, finalizou.

Fonte-Folha do Progresso 

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Causa é confirmada Avião da LaMia caiu por falta de combustível, conclui Aeronáutica da Colômbia ________________________________________

As autoridades colombianas apresentaram ontem, em Medellín, as primeiras conclusões sobre o acidente aéreo do voo que transportava a Chapecoense até a cidade para jogo contra o Atlético Nacional, pela final da Copa Sul-Americana. 

Segundo o Secretário Nacional de Segurança Aérea da Colômbia, Freddy Bonilla, a aeronave da companhia boliviana LaMia estava sem combustível no momento do choque, o que indica a possibilidade de ter existido nos instantes anteriores uma pane elétrica. 

 O Liberal Digital!

MPPA pede anulação do aumento do salário dos vereadores de Abaetetuba Vereadores votaram o próprio aumento, de R$ 8 mil para R$ 12 mil. Manifestantes ocupam a Câmara desde o dia da votação, 23 de novembro

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) expediu na quarta-feira (30) uma recomendação para que a Câmara de Abaetetuba anule o aumento de salário dos vereadores, aprovado no dia 23 de novembro. 

O aumento dos vereadores foi de R$ 8 mil para R$ 12 mil e do prefeito de R$ 12 mil para R$ 18 mil. A recomendação foi entregue ao presidente da Câmara, Aluízio Correa, e lida durante a sessão ordinária. 

• O presidente da Câmara Municipal informou ao G1 que a votação é legal e seguiu orientações do Tribunal de Contas. Desde o dia da votação, manifestantes ocupam a Câmara de Abaetetuba e exigem a anulação do aumento.

 Segundo os manifestantes, alguns vereadores que votaram a favor dos aumentos foram reeleitos e um vereador foi eleito prefeito, ou seja, eles serão beneficiados na próxima legislatura. O impacto do aumento no orçamento municipal de Abaetetuba será de mais de R$ 1 milhão por ano.

 O documento do Ministério Público recomenda também a rejeição do projeto de lei apresentado na pauta da mesma sessão, voltada a acrescentar em 50% os subsídios de prefeito, vice-prefeito e secretários municipais. 

De acordo com os autores da recomendação, os promotores de justiça Frederico Augusto de Morais Freire, Regina Luíza Taveira da Silva e Erica Almeida de Sousa, “a iniciativa atende o dever de respeito aos princípios constitucionais da administração pública, diante de ofensa à impessoalidade e à moralidade". 

“Queremos garantir respeito a vedação expressa na Lei de Responsabilidade Fiscal, que julga inexistente de integral direito qualquer ato expedido nos 180 dias anteriores ao encerramento do mandato de poder ou órgão, que implique em aumento de despesas com pessoal”, relatam os promotores.

 De acordo com os promotores, as condutas voltadas a ordenar, autorizar ou executar ato que envolva em aumento de despesas com pessoal na quadra de 180 dias anteriores ao fim do exercício de mandato constituem em tese crime contra as finanças públicas, previsto no art. 359-G, do Código Penal Brasileiro. 

O Ministério Público solicitou que no prazo de 7 dias, a Câmara Municipal conheça a recomendação e se pronuncie. O presidente da Câmara Municipal e vereadores devem expedir ato revogando a resolução ou outro ato legislativo aprovado na última sessão ordinária, ocorrida no dia 23 de novembro.

 Para o MPPA, o não atendimento da recomendação importará em qualificação de dolo para apuração das responsabilidades administrativa, civil e criminal dos vereadores que se manifestarem contrários ao seu atendimento.

G1-PA

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Prefeitura de Jacareacanga - PA suspende Concurso com mais de 300 vagas



Documento foi divulgado pela empresa organizadora.

Quinta-feira, 24 de novembro de 2016 às 18h00  A Prefeitura de Jacareacanga, no Pará, comunica a todos que está suspenso o Concurso Público sob organização da FADESP com 309 vagas disponíveis para cargos de níveis fundamental, médio/ técnico e superior.
O documento foi divulgado no site da empresa organizadora www.portalfadesp.org.br e traz informações de que a suspensão ocorreu por determinação judicial. Para obter mais informações acesse os editais completos em nosso site.
1.    

BLITZ NO LEGISLATIVO.



                              COBRANÇA DE ÁGUA EM MIRITITUBA?

                               Na sessão de terça feira 29,  o vereador Isaac Dias denunciou na tribuna e mostrou um documento criticando o prefeito eleito Valmir Clímaco que havia prometido resolver o antigo problema da falta de água no distrito de Miritituba, mas que AGORA  foi formada uma comissão com presidente e tesoureiro que está cobrando uma taxa de quinze reais sobre o consumo da água e por trás dessa cobrança estariam o vereador Nem ou a vereadora eleita Antônia Picanço.

                   Antônia nega qualquer envolvimento no assunto.  O vereador não reeleito mostrou o documento para quem quisesse ver na sessão.  OS ELEITORES (digo moradores)  DO DISTRITO ESTÃO  CABREIROS, resta saber se o prefeito eleito sabe algo sobre essa comissão.   Diríamos que se trata de uma mudança de discurso da água para o vinho.


                   FALTA HUMANIDADE NA SECRETARIA DE SAÚDE...???


A Vereadora  Maria Pretinha aos prantos fez um desabafo no que ela considerou falta de respeito, de humanidade, solidariedade por parte da Secretaria de saúde de Itaituba no momento dramático que vem passando uma servidora efetiva do município que está em Santarém correndo risco de vida e a vereadora disse que não conseguiu falar via telefone com a secretaria.

Maria no seu desabafo disse que é nessas horas que se entende o quanto não valemos nada, pois Edileusa dedicou mais de vinte anos de sua vida ao município como profissional da saúde e hoje se vê em situação de abandono em Santarém sem receber sequer um simples telefonema da Secretária de Saúde.     O desabafo de Maria Pretinha emocionou e revoltou ao mesmo tempo a plenária.  Nem no Câncer esse governo está sendo solidário.  Edileusa tanto fez  e agora está relegada a ingratidão . Se a vereadora exagerou nos relatos ou não a secretaria pode mandar sua versão nesse triste  caso.



          PORQUE NÃO ABREM LOGO SINDICÂNCIA PARA APURAR DENUNCIAS DO VEREADOR?


O Vereador Luiz Fernando Sadeck dos Santos,(PMDB)  Peninha na Tribuna fez graves denuncias contra policiais militares de Itaituba  que segundo ele estariam praticando extorsão, pegando propinas em Moraes Almeida e em outras regiões garimpeira como dublê de Policiais de Trânsito e até agentes fiscais tributários quando também fiscalizam questões de saída de ouro.  Peninha disse que tem recebido denuncias de pessoas que precisam pagar para atravessar suas pcs....

           O comando local DO 15º BPM deveria colocar isso em pratos limpos e abrir logo uma sindicância porque existem policiais corruptos e policiais honestos, assim como existem jornalistas venais, pilantras  e outros éticos e honestos e assim sucessivamente. 

Comandante mande uma comissão de sindicância para ouvir depoimentos nessas regiões dos moradores e lideres comunitários, colher provas para disciplinar os envolvidos tão logo se comprove ou não as denuncias.  

     Uma apuração colocaria  em pratos limpos as denúncias que consideramos gravíssimas e não é de hoje.   Que se dê nomes aos bois ou então que se defina que tudo não passa de conversa para boi dormir...Como vereador tem imunidade de palavra tornaria mais fácil a missão.

                    É PARA RIR OU CHORAR???            PROCURA-SE UMA PREFEITA NO OESTE DO PARÁ.  TESOURARA FECHADA NADA FUNCIONANDO E AGORA O QUE FAZER?

OS Vereadores não sabem,  a justiça também não sabe o Sintepp idem, o sindsaude, o Sinserm, nenhum sindicato, associação, Conselhos enfim ninguém sabe dizer aonde se encontra a prefeita que pelo seu gesto de não ter mais gabinete de despachos, seu sumiço   vem sendo considerado como abandono mesmo seu governo indo até  dia 31 de Dezembro.

A presidente do Sindisaude, enfermeira Ana disse na sessão da câmara desta quarta feira (30) que pela manhã esteve à procura do setor de finanças do município para tratar de assuntos atinentes aos sindicatos e seus associados e simplesmente encontrou a tesouraria fechada e ninguém soube dar qualquer informação. 

 Na Semma também estaria formado o samba do crioulo doido aonde um pastor foi designado para despachar e nem uma L.I ,L.O ou outro documento está sendo despachado causando transtornos aos donos de garimpos e outros empreendimentos que estão ligados a questões ambientais..

Segundo alguns fornecedores a prefeita estaria fugindo deles para não pagar o que o município deve.  Com isso está empurrando com a barriga para repassar ao prefeito Eleito Valmir Clímaco um abacaxi de Itu.      Até mesmo a transição vem sendo feito sem planejamento. Como as dividas não são pessoais,  mas sim do município o prefeito que entrar vai se deparar com uma montanha de dividas de fornecedores e salários de servidores QUANDO SERÁ OBRIGADO A PAGAR ATRAVÉS DA JUSTIÇA pelo fato de se tratar de divida pública e não pessoal.  

     Muitos sindicatos estão pessimistas quanto ao pagamento de Dezembro pela maneira como a prefeita vem se escamoteando de responsabilidades que ainda são inerentes a ela até o final do ano. ELA ESTÁ SENDO CHAMADA TAMBÉM DE A MULHER INVISÍVEL.